Blog do Simeão

Novidades surgem por todas as áreas, principalmente em relação a computadores, que são uma das mais modernas e úteis ferramentas. Dicas para seu melhor uso são sempre bem vindas. A toda hora temos algo novo, tanto em equipamentos e acessórios (hardware) como em programas, aplicaticos e utilitários (software), bem como em outros equipamentos. Alguns tornam-se obsoletos antes de serem lançados no mercado, dado o aparecimentos de coisas melhores.

Minha foto
Nome:
Local: Pelotas, Rio Grande do Sul, Brazil

Topógrafo desde 1959 e Eng Agrônomo desde 1967. Georreferenciamento, medições e desmembramento de imóveis, Planos cotados e projetos de lavouras de arroz, canais e barragens de terra para irrigação. Diplomado em Geomensura pelo IFSC (1ª Certificação por competência no Brasil). Desenvolvedor de mapas vetoriais e colaborador do grupo Mapear. Técnico em informática há mais de 25 anos (Windows Xp, Vista, 7, 8 e Server, redes cabeadas e sem fio). Desenvolvi programas em Clipper e Visual Basic. Treinamentos em Word, Excel, AutoCAD Civil 3D 2011-12. Técnico em Pastoreio Racional – sistema do Vanoni (Argentina). Casado - com 4 filhos(as). Hobbyes: Fotografia, Teclado (Yamaha PSR-S910), Eletrônica e GPS. Piloto civil e Rais-amador. Idiomas: Espanhol e Inglês.

quinta-feira, julho 31, 2008

Laser scanner 3D terrestre





Para os amantes do belo, do preciso e da fidelidade de formas e cores: um novo aparelho: o Laser Scanner terrestre RIEGL LMS-Z4201, que consiste num scanner de alto desempenho e de longo alcance (até 1200 m), associado a um software RiSCAN PRO e uma câmera digital de alta resolução. É indicado para aquisição rápida de imagens 3D de alta qualidade até mesmo sob condições ambientais críticas. É usado em topografia, arqueologia, engenharia e documentação de herança cultural.

Modelo com maior alcance: Trabalha com uma taxa de medição de 11 mil pontos por segundo, alcance de até 2000 m e precisão de 10mm.
A grande infinidade de pontos coletados com o Riegl LMS-Z620 permite reproduzir de forma muito próxima da realidade a topografia e feições do terreno, agregando com isso maior precisão e confiança tanto nas representações quanto em todos os cálculos.
Com o seu longo alcance e a medição de milhares de pontos por segundo o sistema Riegl LMS-Z620 comprovadamente executa trabalhos de forma muito mais rápida e precisa do que os equipamentos convencionais(GPS e Estação Total).

A imagem dessa maravilha e mais informações podem ser encontradas em http://www.riegl.com/terrestrial_scanners/lms-z420i_/420i_all.htm e http://www.cpeltda.com.br/vendasLocacao_laserScanner.html.


Hoje recebi um e-mail do meu cumpadre Dr Alberto Nunes, e comentei para ele que, uma forma de documentar belas obras de arte consiste em tirar duas fotos com uma sobreposição de uns 60%, como é feito nas imagens digitais dos satélites e aerofotos: basta "bater" uma foto e deslocar-se um pouco para o lado, e tirar uma nova foto de forma a obter essa sobreposição citada. Depois de imprimir, coloca-se as duas fotos lado a lado, e usa-se um pedaço de de papelão ou cartolina na frente do nariz, de modo a fazer com que cada vista se ocupe de uma delas apenas: teremos uma visão em terceira dimensão. Experimente com um monumento ou uma bela estátua. De agora em diante, ao visitar um belo museu, acho que muitos passarão a tirar fotos dessa maneira.


Não basta ligar num computador uma boa tv/monitor de 22 polegadas como a da LG, com a resolução máxima de 1680 x 1050 (por menos de R$990,00). É necessário ligar um bom conjunto de som (amplificador e caixas de qualidade como os da Bang & Olufsen), num bom Home Theater, pois o audio representa 70% da qualidade dos filmes e apresentações que vemos. Agora já temos mais opções para quem quer e gosta de qualidade: com os novos BD (blue ray disc) para obtermos filmes e imagens de alta resolução. A capacidade passa de 4,5 GB de um dvd comum, para 23-27 GB em camada única ou 54 quando dupla (digite blue ray na busca do Google e verá muito mais sobre eles). Os novos videogames já estão usando o BD e já se pode comprar um leitor/gravador desse tipo para os nossos computadores desktop por R$450,00. Eles poderão ser ligados em nossos notebooks, bastando usar aquele adaptador para usb que já citei em 12/mai/2006 em meu blog em http://simeaogomes.blogspot.com/2006/05/hd-externo-pode-sair-mais-barato.html#links. Assim poderemos juntar tudo: tv, som, computador e internet - um entretenimento em alta qualidade - mais um motivo para não precisarmos sair de casa. Os filmes poderão vir da internet de alta velocidade. Teremos a possibilidade de uma sala de espetáculos particular para reunir familiares e amigos, uma sala de estudos para ver as maravilhas documentadas pela internet ou poder apreciar os detalhes das belas fotos das câmeras digitais e também um local de trabalho para os artistas em audio e video.


Falando em tirar mais de uma foto de uma localidade como esse exemplo do Bob Schneider, vale a pena olharmos aquele software Panavue (trial em http://www.panavue.com/en/downloads/pia/trial.htm), que permite marcar pontos comuns em fotos adjascentes (assinalando-os com aquelas bandeirinhas coloridas), de forma a poder criar belas fotos panorâmicas ou também poder juntar fotos feitas em diversas partes. Experimente escanear um mapa ou um documento antigo em vários pedaços formato A4 e depois juntar. O Panavue permite imagens de qualidade, sem distorsões. Um scanner de grandes tamanhos é muito caro e dificil de achar. A solução é tirar diversas fotos ou imagens com certa sobreposição e depois juntar. Ver mais sobre o Panavue na postagem de 09/jan neste blog.

Documentando material escrito: No meu curso de Geomensura, usei a máquina fotográfica digital para guardar cópias das provas, e consegui boa qualidade, mesmo das respostas e croquis feitos a lápis. Elas ficam melhores quando temos um local iluminado, onde não é necessário o flash. Vale a pena praticar e, em certos tipos de materiais, onde a luz do flash é refletida causando problemas, é preciso desligar o flash, o que exige o uso de um tripé para que a imagem não saia tremida. Existem inclusive aqueles mini-tripés que custam de R$10,00 a 20,00 e que poderão ser usados quando vamos a uma biblioteca e queremos guardar o conteudo de alguma páginas...

Gostaria de elogiar as provas do professor Mauro Ribeiro Martins do CEFETSC, onde ele permitia consultar anotações, apostilas, livros e pesquisar na internet. Além de ser o ambiente que encontramos na vida real e em nossos locais de trabalho, constatamos que, após cada prova conseguiamos não só expressar nossas idéias sobre um assunto, como poder usar melhor os recursos do computador e da internet. Após cada prova, saíamos sabendo muito mais, pois se tornava uma pesquisa onde pudemos responder e resumir o assunto proposto numa questão. O importante foi conseguir objetividade e capacidade de resumir pois contávamos com um espaço limitado. É o que podemos chamar de PROVAS INTELIGENTES...

1 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Parabens pelo site! Muitas dicas boas!
Em relação a fotos panorâmicas tem um programa freeware muito bom: Hugin (http://hugin.sourceforge.net/).

18/9/09 23:32  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home